Comercializar seus produtos na internet é uma vantagem competitiva. Afinal, é possível atingir nichos e mercados que antes seriam inalcançáveis utilizando apenas meios físicos.

Porém, muitos comerciantes afoitos, não sabem realmente quanto custa uma loja virtual. Existem muitos custos embutidos que precisam fazer parte do planejamento.

Neste artigo, vamos levar em consideração que, o comerciante em questão, já possui experiência no negócio e que deseja expandir suas operações para o mercado digital. Dessa forma, falaremos brevemente sobre pontos que dizem respeito a implementação e operação.

Domínio do site: o seu endereço na internet

É necessário ter um domínio para que seus clientes encontrem você. Escolha o nome da sua marca, caso não esteja disponível, opte por adicionar uma palavra complementar. Por exemplo, o nome de sua marca é Margarida mas o domínio margarida.com está ocupado. Utilize o domínio lojamargarida.com.

O custo com o domínio provavelmente será o mais barato quando pensamos no total de quanto custa uma loja virtual. Cada domínio tem o custo R$ 40,00 por ano se comprado diretamente no site registro.br.

Plataformas: a estrutura do seu e-commerce

Em uma pesquisa rápida é fácil encontrar inúmeras plataformas de e-commerce com os mais variados preços e funcionalidades. Existem plataformas com mensalidades a partir de R$ 9,90/mês (com muitas limitações) e plataformas completamente customizáveis com mensalidades que podem custar entre que R$ 200,00 à R$1.000,00, dependendo do modelo.

Além da plataforma, para definir quanto custa uma loja virtual é preciso avaliar quais são as funcionalidades essenciais para o seu negócio e, a partir disso, elaborar o projeto de implantação que se encaixa no seu orçamento.

Devido à complexidade em implementar o projeto de e-commerce, muitas empresas optam por terceirizar a escolha da plataforma. Poder contar com uma agência especializada como a Agência Gnu é uma mão na roda para o lojista em todo o processo de implementação.

Certificado digital: segurança para o lojista e para o cliente

Além de contribuir para o melhor posicionamento de sua página na busca orgânica do Google, a segurança do site transmite confiança para o consumidor e protege o seu e-commerce de ataques de hacker e alguns tipos de fraude.

Fraudes encarecem muito o total de quanto custa uma loja virtual.

Algumas plataformas já possuem o serviço incluso de certificado digital no preço de sua mensalidade por um valor mais atrativo do que quando contratado a parte.

Meios de pagamento e entregas: quanto custa uma loja virtual

Considere usar um intermediador como o PagSeguro. O custo percentual por transação confirmada é um pouco mais alto, mas a compra é garantida pelo intermediador. A média é de 5% sob o valor da venda, porém, você corta custos fazendo contrato com um único fornecedor.

Além disso, dependendo do volume de vendas e receita esse percentual pode ser negociado. Isso impacta no quanto custa para manter a operação de uma loja virtual.

Outro fator extremamente importante são as entregas. Mesmo com greves e o fim do e-Sedex, os Correios ainda são o melhor parceiro disponível. A vantagem de fechar um contrato com a estatal é ter um maior controle sobre o custo com logística.

Marketing Digital: divulgue seus produtos

Esse é o mais relativo dos custos. São muitas variáveis que devem ser avaliadas de acordo com sua estratégia de divulgação.

O que é seguro dizer é que um investimento médio em marketing digital é entre 3% e 8%. De acordo com o relatório Webshoppers a expectativa é de que o investimento aumente em 2018.

Gostou desse conteúdo? Compartilhe nas redes sociais: