O e-commerce no Brasil teve um faturamento de R$ 44,4 bilhões. Fato que parece ignorar a recessão financeira pela qual o país está passando. Dados da Ebit revelam que foi um aumento de 7,4% em relação ao ano anterior.

Fica claro que a internet é o meio ideal para quem pensa em ganhar dinheiro com o varejo no meio da crise econômica mundial. Fazer parte desse mercado não díficil com planejamento prévio, mas, para se destacar, é preciso muito trabalho.

Oferecer um preço justo, estar atento à concorrência e às tendências de mercado, variadas condições de pagamento, são alguns itens do checklist para montar seu e-commerce. Neste artigo, falaremos um pouco sobre o mercado e como se destacar oferecendo os produtos certos. Acompanhe!

Quais são os produtos que fazem mais sucesso no
e-commerce no Brasil?

Segundo o relatório WebShoppers 35, nem sempre produtos que têm maior volume de venda são os que movimentam mais dinheiro. Dessa forma, listamos os produtos que estão no topo das vendas de duas formas: volume de venda por setor e volume financeiro por categoria.

Moda e acessórios

Este setor é responsável por 13,6% das vendas de e-commerce no Brasil. Aos poucos, os consumidores perderam o medo de comprar produtos dessa categoria. Esse fato ocorre por conta das políticas de troca e devolução, que agregam mais segurança, pois caso o produto não sirva, a troca é disponibilizada.

Eletrodomésticos

Logo atrás está o setor de eletrodomésticos, com 13,1% da fatia de mercado. Para o consumidor, é prático comprar esse tipo de produto pela internet. É possível pesquisar previamente as características técnicas e comprar no site que oferecer os preços mais competitivos.

Livros

Engana-se quem pensa que o livro impresso está morto. Este é o terceiro mercado em vendas on-line, com 12,2% do total. Estão incluídos neste percentual também livros eletrônicos. Entretanto, os livros impressos atingiram picos de crescimento de até 15%.

Saúde e cosméticos

Durante anos, esse é um dos ramos mais rentáveis do e-commerce no Brasil. Está em quarto lugar do ranking e toma 11,2% do total. Muitas farmácias migraram para o meio on-line, o que solidifica ainda mais esse setor na web.

Telefonia

Assim como no varejo físico, o setor de telefonia movimenta grande parte das cifras. Na internet, é responsável por 10,3% das vendas. Ainda assim, é uma categoria que oferece excelentes lucros para quem vende.

Em sequência neste ranking estão: casa e decoração, informática, eletrônicos, esporte e lazer e brinquedos e games.

Quais as categorias mais rentáveis do e-commerce no brasil?

Citamos as cinco categorias principais, que vendem mais na internet. Agora, vamos dispor esse ranking pensando na lucratividade de cada categoria. Veja como a ordem muda:

  1. eletrodomésticos (23%);
  2. telefonia (21%);
  3. eletrônicos (12,4%);
  4. informática (9,5%);
  5. casa e decoração (7,7%);
  6. moda e acessórios (5,6%);
  7. saúde e cosméticos (4,5%);
  8. livros (3,2%);
  9. acessórios para automóveis (2,7%);
  10. esporte e lazer (2,5%).

Repare que moda e acessórios caiu para sexto lugar neste quesito. Por que é importante saber esses números? Com esse conhecimento, você é capaz adentrar o mercado de e-commerce no Brasil com expectativas reais de venda e montar uma estratégia a partir disso.

Está pensando em montar uma loja virtual? Entre em contato conosco!