Uma dúvida comum entre os empreendedores que decidem montar um e-commerce é como funciona o estoque de uma loja virtual. Preciso de um espaço grande para armazenar os produtos? Qual a quantidade ideal?

Para ajudar a elucidar essas questões, preparamos este post sobre os diferentes tipos de estoque e como funcionam. Assim você vai ter condições de escolher o que mais se encaixa nas suas possibilidades e necessidades do seu negócio. Acompanhe!

Como funciona o estoque de uma loja virtual e qual modelo escolher?

Há diversos tipos de estoque que devem ser avaliados para encontrar o que se encaixe nas demandas do seu e-commerce. São eles:

Estoque físico único

No estoque físico único, há um espaço onde são armazenados os produtos que serão vendidos. Esse local é reabastecido de acordo com a demanda e ritmo de vendas da sua loja.

A pronta entrega e a independência de um fornecedor terceirizado são as vantagens que esse modelo oferece. O aspecto negativo é o acúmulo de produtos que não foram vendidos, podendo representar um prejuízo para a empresa.

Estoque físico descentralizado

Esse tipo de estoque atende bem quem faz entregas por sazonalidade. Ele prevê a manutenção de espaços físicos com os produtos em diversos locais, a fim de atender as demandas com mais rapidez.

O ponto negativo do estoque físico descentralizado é o alto custo, já que é preciso pagar pelos diversos núcleos de armazenagem.

Estoque físico compartilhado

O estoque físico compartilhado funciona como o estoque físico único, um espaço para manter todos os produtos. Porém, os estoques tanto da loja física quanto da loja virtual ficam no mesmo lugar.

Para que esse estoque funcione bem, é necessário contar com um bom sistema de gestão capaz de controlar as vendas em tempo real. Assim, evita-se a promessa de entrega de produtos que não estão mais à disposição.

Estoque de terceiros

Nesse modelo, o estoque é mantido pelo fornecedor, que vai definir a quantidade destinada ao lojista. A entrega pode ser feita tanto pelo próprio fornecedor quanto pelo e-commerce. Esse tipo de estoque é muito comum em lojas virtuais de multimarcas.

A principal facilidade do estoque terceirizado é a facilidade na gestão. O ponto negativo é a limitação do número de produtos.

É possível abrir uma loja virtual sem estoque?

Se você quer começar um e-commerce, mas não tem espaço físico para o armazenamento de produtos, pode considerar a opção de não ter um estoque.

Essa estratégia é possível se houver um excelente relacionamento com os seus fornecedores, prevendo um gasto maior com deslocamento e entrega das mercadorias.

Pode ser feito um acordo no modelo drop shipping — neste, o próprio fornecedor se responsabiliza pelo envio do produto; ou por negociação a prazo — no qual o responsável pelo e-commerce retira uma quantidade de produtos com o fornecedor e faz o pagamento após um prazo determinado.

Vale lembrar que para trabalhar sem estoque, é importante identificar se o produto que vai ser comercializado suporta esse tipo de negociação (fique atento a coleções limitadas, por exemplo) e contar com fornecedores organizados e de confiança.

Agora que você já sabe como funciona o estoque de uma loja virtual, siga os nossos perfis no Facebook, Linkedin, Twitter e Instagram e tenha acesso a mais informações que vão ajudar na implantação e gestão do seu e-commerce!