Os canais de aquisição de clientes estão melhorando constantemente. Eles são os mdoos pelos quais você atrai novos clientes, seja de forma orgânica ou não, online ou offline.

Ser anunciante pode ser uma tarefa difícil quando você não sabe o que fazer, pois há muitas maneiras de alcançar clientes e se comunicar com eles de maneira eficiente.

Existem vários canais que você pode usar para adquirir novos leads, como:

  • SEO;
  • Anúncios;
  • Redes sociais;
  • Parcerias com influenciadores;
  • Marketing de email;
  • Marketing de conteúdo como parte do inbound marketing;
  • Imprensa digital;
  • Rádio;
  • Televisão;
  • Boca a boca;
  • Prospecção por telefone.

De fato, quanto mais diversificados forem seus canais, mais chances você terá de conquistar novos clientes ou reter os antigos.

É importante manter as comunicações de marketing constantes com seus clientes para que eles não esqueçam seus produtos e possam saber sobre novas promoções ou recursos que estão por vir.

Portanto, você deve revisar seus canais de acordo com a estratégia de marketing que deseja adotar para o crescimento do seu negócio.

O que são canais de aquisição de clientes?

A aquisição de clientes é o conjunto de atividades que as empresas usam para atrair novos clientes. A aquisição de novos clientes envolve a criação de uma estratégia de aquisição sustentável que pode evoluir ao longo do tempo.

Uma empresa de acessórios para hidrojateamento pode investir recursos e tempo na aquisição de clientes porque não pode presumir que seus clientes sempre ficarão por perto. Algum nível de separação entre organização-cliente é inevitável.

 

Não importa quão boa seja sua estratégia de retenção, você precisa ter planos para preencher as lacunas deixadas por essas contas perdidas e sustentar seus negócios a longo prazo.

Configure um plano de aquisição de clientes

Não há certo ou errado em escolher seus canais de aquisição de clientes, então o melhor conselho para lhe dar é experimentar o máximo que puder.

Dependendo do seu setor, como assessoria contábil para abertura de empresa, alguns canais podem ser mais úteis do que outros, e isso é completamente normal. Nem todas as empresas são construídas da mesma forma.

Normalmente as estratégias de aquisição de clientes se dividem em dois grupos: pagas e orgânicas.

Estratégias pagas

Você está usando estratégias pagas de aquisição de clientes se estiver investindo dinheiro ativamente para fazer com que um cliente em potencial aja.

Isso pode significar que você paga uma taxa quando eles clicam em um link ou anúncio, ou que você envia dinheiro para outra empresa em troca de uma indicação de cliente.

Alguns dos métodos de aquisição de clientes pagos mais comuns são:

Anúncios de pagamento por clique (PPC)

Pequenos anúncios baseados em texto em outros mecanismos de pesquisa para gerar resposta direta ou reconhecimento da marca. Você paga toda vez que alguém clica no seu anúncio.

É uma maneira econômica de colocar sua marca de produtos para tratamento de água se o conteúdo do seu site não estiver com uma classificação alta o suficiente.

Anúncios gráficos

Semelhante aos anúncios PPC, exceto que esses anúncios são exibidos em sites, esses anúncios normalmente são usados para reconhecimento de marca. Você pode optar por pagar sempre que alguém clicar ou visualizar seu anúncio.

Marketing afiliado

É a prática de pagar a outros proprietários de sites (seus “afiliados”) para recomendar seu produto ou serviço, como para um distribuidor de purificador de água.

Referências

Programas em que você paga clientes existentes para recomendar seus produtos ou serviços.

Mídias sociais promovidas

São postagens promovidas em seus feeds de redes sociais. Algumas plataformas de mídia social cobram apenas para ajudar a conquistar um cliente, enquanto outras podem cobrar com base no número de visualizações ou cliques que seus anúncios recebem.

Estratégias orgânicas

As estratégias orgânicas de aquisição de clientes também custam dinheiro ao seu negócio, mas apenas porque você precisa pagar sua equipe para fazê-lo.

Às vezes é chamado de “marketing de entrada”, porque se destina a trazer as pessoas “inbound” ao seu site.

A maioria das atividades relacionadas à aquisição orgânica de clientes também ocorre exclusivamente em seu próprio site de fornecedor de biscoito de polvilho, não no chamado “território alugado”, como mídias sociais ou mecanismos de pesquisa.

Os métodos orgânicos de aquisição de clientes que você pode tentar incluem:

Marketing de conteúdo

Desenvolvimento de postagens de blog, guias, infográficos, vídeos, podcasts e muito mais para responder perguntas, resolver problemas e apresentar os leitores ao seu negócio.

Otimização para mecanismos de busca (SEO)

Otimização do conteúdo do seu site para aumentar sua classificação nas redes sociais e em outros mecanismos de pesquisa para pesquisas relevantes.

Marketing de mídia social

A prática de postar, responder e interagir com pessoas no Facebook, Twitter, LinkedIn, Instagram e muito mais para gerar lealdade e conscientização.

Eventos

Marketing presencial para atrair, converter, educar, nutrir e encantar seu público de gerador para salão de festas.

Estratégia de canal de aquisição de clientes

No final, você precisa manter e potencializar aqueles que te deram um ROI (taxa de retorno de investimento, ou return over investiment no original em inglês) maior e têm o maior impacto para sua marca.

Além disso, através de sites de mídia social como o LinkedIn, onde você pode encontrar muitos profissionais que estão em sua área de conhecimento, engajando-se com seus clientes por meio de postagens e artigos, criando um programa de referência, etc.

Por exemplo, digamos que sua empresa vende lavatório de quartzo. Talvez montar uma campanha de cold mailing não seja tão efetivo quanto procurar patrocinadores em eventos imobiliários.

Como escolher seus canais de aquisição de clientes?

O melhor canal para você pode variar dependendo do tipo de negócio que você está desenvolvendo.

No entanto, fazer um exercício simples, como construir uma matriz com os canais em potencial vs. os atributos de cada um pode ajudar a mapear a melhor maneira de seguir.

Coloque, então, os canais em potencial nos cabeçalhos dos itens de linha e os atributos para comparar cada um nos cabeçalhos das colunas (ou alterne-os).

Em seguida, preencha os valores com “baixo, médio ou alto”.

Isso ajudará você a ter uma melhor comparação visual dos canais de aquisição que você pode usar, que pode ser provado errado a qualquer momento, portanto, certifique-se de ajustá-lo ao iniciar suas campanhas.

Como calcula o Custo de Aquisição de Cientes (CAC)?

Essa é uma pergunta frequentemente feita por tomadores de decisão, porque todas as ideias são boas, mas às vezes você precisa ir para a solução mais prática, dependendo do custo de aquisição do cliente.

O CAC, ou Custo de Aquisição de Clientes, é calculado desta forma:

CAC (resultado monetário) = Custos de Marketing (MC)/ Clientes Adquiridos (CA).

Você pode até ir mais fundo e fazer um cálculo rápido para cada canal, mas saiba que os resultados podem não refletir os benefícios imediatamente. Se, por exemplo, você gastar dinheiro para um evento futuro, não verá os resultados até depois do evento.

Isso ajudará você a determinar um pouco melhor o orçamento de marketing necessário para cada canal e quais você deve descartar se eles não fornecerem um ROI significativo o suficiente.

Dicas para aquisição de clientes

A primeira coisa que você precisa ter em mente, principalmente se o seu produto ou serviço for digital, como de uma empresa fabricante de etiquetas, é ter um site otimizado para SEO.

Faz sentido, já que, se você aparecer no topo dos resultados da pesquisa, as pessoas estarão mais propensas a comprar seus produtos. Na verdade, você deve saber que a primeira página dos sites de pesquisa gera a maior parte dos cliques.

Sabendo que há bilhões de buscas por dia nesse buscador, prestamos um pouco mais de atenção ao nosso posicionamento.

Se estiver fazendo anúncios, você tem chances de ser colocado nesse encarte dependendo do orçamento que vai gastar na palavra-chave.

Se você trabalhou bem em seu SEO, você chegará na primeira página, ou melhor, nos primeiros lugares. Isso é o que vem de links orgânicos e otimizando seus vários conteúdos em uma consulta específica.

Você também pode ter uma inserção de ferramentas que impulsionam o negócio. Este é feito especialmente para referência local. Ele permite que seus visitantes tenham suas informações de contato para encontrá-lo ou ligar para você.

Então seja original e faça conteúdo personalizado. Faça conteúdo orgânico e pago e acima de tudo seja regular.

Por último, mas não menos importante, não se esqueça de acompanhar seus indicadores de desempenho, também chamados de KPIs. Você será capaz de saber se o que você está fazendo está funcionando ou não.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.