Cada vez mais o mundo precisa de recursos para manter a população. Poucos têm muito e muitos têm pouco, pensando nisso, as empresas passaram a desenvolver seus trabalhos de maneira diferente, até mesmo, com um e-commerce mais sustentável.

 

Inclusive, o desenvolvimento sustentável foi criado sob a necessidade de preservar os recursos naturais do planeta para as futuras gerações. Conforme o tempo passa, as pessoas vivem cada vez mais e, dessa forma, o planeta fica mais povoado. 

 

Desta maneira, estima-se que estarão vivendo em 2050 cerca de 9,7 bilhões de pessoas. Segundo os teóricos, com um crescimento desse porte, aliado com as mudanças climáticas,  será impossível o planeta prover recursos suficientes para todos.

 

Então, um conjunto de empresas passou a desenvolver formas diferentes de fazerem seus trabalhos, de tal forma que o meio ambiente não seja tão impactado.

 

Dessa forma, muitas marcas que adotaram essas práticas, também acionaram empresas que fazem camisetas personalizadas com estampas de que ali existe um ramo que cuida do meio ambiente. 

 

Pensando em todos estes pontos, o artigo abordará sobre a importância do desenvolvimento sustentável no e-commerce e a importância de começar desde cedo essa ação positiva para o planeta. 

Sustentabilidade e sua importância

Os conceitos de sustentabilidade estão sendo discutidos há um bom tempo, mas existem algumas concordâncias, entre elas a de que o planeta não é capaz de oferecer recursos naturais por tempo infinito. Chegará o dia em que tudo acabará, então, é preciso estar preparado. 

 

Pensando nisso, a sustentabilidade busca formas de realizar as mesmas funções com a mesma qualidade, porém de uma maneira que não agrida o meio ambiente. Justamente para preservar e, se possível, parar de queimar os recursos limitados. 

 

Para realizar essa importante missão, será necessário muito mais do que estudos de impacto ambiental, mas também a criação de uma consciência coletiva para preservar o planeta para as futuras gerações. 

 

Somente a partir desse ponto que os problemas mais sérios poderão ser evitados. Até porque, com o consumo desenfreado e desigual, acredita-se que em menos de uma década o mundo passará a sentir a escassez de recursos naturais. 

 

Felizmente muitas pessoas e empreendedores já se decidiram e resolveram ajudar o planeta. Contudo, ainda existem muitas dúvidas para poucos sites que resolvem falar sobre o assunto. Vejamos agora como funciona um e-commerce sustentável!

Entenda a definição de um e-commerce sustentável

Uma empresa que trabalha de forma digital pode impactar mais o mercado do que se imagina. Pense que para a realização de qualquer atividade é necessário que exista alguém por trás e algo que deve ser comprado. 

 

Então, se a empresa vender, por exemplo, lacre de segurança void, deverá ser pensado como esse produto impacta diretamente no meio ambiente e se existem formas de reduzir esse impacto. É importante, também, pensar nos processos que envolvem a venda.

 

Assim, todas as fases, desde a fabricação, transporte, venda e revenda devem ser repensadas para diminuir os danos causados. É inevitável a necessidade de um investimento para a realização dessa reformulação, mas ela tem seus pontos positivos.

 

Com tratados em prol ao desenvolvimento sustentável, empresas que começaram a investir nesse ramo passam a ser mais vistas por diversos órgãos e clientes que também que se preocupam com o meio ambiente.

 

Nas redes sociais, as pessoas costumam aprovar medidas sustentáveis, justamente pela coragem e sagacidade que a marca teve em implementar formas que, às vezes, são simples, mas fazem toda a diferença. Então, diferentes soluções ambientais devem ser postas em prática.

 

Com um engajamento nas redes, selos, condecorações e prêmios dados às empresas que implementaram um desenvolvimento sustentável, será possível que a marca ganhe renome no mercado. Atraindo até investidores dispostos a ajudar na causa.

 

Tenha em mente que cada vez mais os consumidores buscam por locais que reduzem o consumo e agridem menos o ambiente. As campanhas são muito bem vistas e aprovadas, por isso, atente-se às reações e aproveite a onda para gerar um lucro. 

 

Essas estratégias geram um impacto imediato nos consumidores, fazendo com que a marca seja divulgada de graça (marketing boca a boca), simplesmente por adotar as medidas. 

 

O pensamento atual é: entre uma empresa que investe em sustentabilidade e outra que não, ficamos com a primeira. Vejamos agora, algumas dicas de como começar a aplicar o e-commerce sustentável em sua marca.

Como implementar o e-commerce sustentável?

Um começo simples pode afetar diretamente o impacto que as empresas causam. Pensando nisso, existem algumas formas de fazer o desenvolvimento sustentável, começando pela mente e indo para ações concretas.

 

Entre os principais pontos estão:

 

  • Campanhas de conscientização dentro e fora dos escritórios;
  • Fretes sustentáveis ou/e menos agressivos;
  • Produção mais sustentável;
  • Marketing verde.

 

Vejamos um pouco de cada uma dessas formas que geraram, ao longo do tempo, uma compensação ambiental, pelos danos causados anteriormente. Toda e qualquer ação nesse sentido é positiva e impactante, é preciso começar de algum lugar.

Campanhas de conscientização dentro e fora dos escritórios 

As campanhas mudaram a mente dos consumidores, mostrando que uma pequena mudança de pensamento pode impactar muito na vida de outras pessoas. 

 

Pensando nisso, o e-commerce pode convidar pessoas para realização de palestras e mostrar para a equipe a importância desse sistema. 

 

Cartazes e e-mails pelo intranet podem notificar os colaboradores para trazerem suas próprias canecas e garrafas d’água, para evitar o consumo dentro do escritório.

 

Existe também a forma de construir banheiros ecológicos que gastam menos papéis e economizam água.

 

Ademais, é importante transferir o máximo de documentação possível para os computadores, utilizando arquivos e economizando mais papel. 

 

Optar por lâmpadas ecológicas e investir em equipamentos mais sustentáveis também são ótimas ideias, principalmente, porque diminuem o uso de eletricidade.

 

Os refeitórios podem fornecer uma alimentação mais saudável, com menos produtos industrializados. Além disso, forneça aos colabores uma mochila sustentavel e seja exemplo para todos. Lembre-se, cobre isso dos líderes também. 

 

Publique todas essas ações no blog da empresa e, se possível, nas redes sociais, as pessoas precisam saber que o empreendimento passou a funcionar de forma mais ecológica, assim consumidores que valorizam essas ações, darão prioridade por você.

Fretes sustentáveis ou/e menos agressivos

Apesar de pouco populares devido a necessidade da rápida entrega, existem formas menos agressivas de realizar entregas. 

 

Os patinetes e bicicletas ficaram bem famosos no setor alimentício para realização de entregas nas proximidades. Uma maneira que também é interessante, é apostar na utilização de sacola ecologica personalizada nas entregas.

 

Outra forma que ajuda neste ponto, é buscar sempre por parceiros mais próximos para auxiliar nas demandas de entrega, isso pode diminuir o tempo e até gerar mais lucro. 

Produção mais sustentável

Por trás de toda a venda existe um processo a ser seguido, por exemplo, outras empresas envolvidas, matéria-prima e engenharia de produção do produto ou serviço que será vendido. Para isso existem diversas formas de reduzir os impactos ao meio ambiente.

 

Pense em como diminuir os impactos, converse com outras pessoas que adotaram essa estratégia e crie relacionamentos. 

 

Ademais, faça um estudo de caso e veja as possibilidades, sempre é possível mudar algo, sendo que ,aos poucos, será possível mudar todos os processos.

 

Ao longo do tempo será possível observar um processo sustentável mais rentável e dinâmico. Se preciso, busque outros parceiros que estejam interessados em seguir esse tipo de política. 

Marketing verde

O marketing verde é quando você consegue um selo sustentável que mostra aos consumidores que todos os processos elaborados pela marca são pensados em formas que não agridam o meio ambiente. É possível obtê-lo ao comprovar as medidas.

 

Ele é importante pois atrai diretamente os consumidores que buscam algo por isso, além de parceiros que podem querer criar uma relacionamento com a marca.

Considerações finais

Criar medidas que agridam menos o meio ambiente, deixou de ser uma tema para o futuro. 

 

Está mais do que nítido que o mundo pede socorro, então, para o bem das futuras gerações, medidas de desenvolvimento sustentável devem se tornar comuns no meio empresarial.

 

Empreender significa também enxergar formas de criar um comércio no meio da necessidade. Os e-commerce são os ambientes propícios para isso, devido à forma como foram construídos. 

 

Inclusive, investir na internet décadas atrás parecia ser loucura, hoje se faz necessário em quase todos os ramos. Com a sustentabilidade não será diferente, se em outros locais existe até embalagem para sushi sustentável, porque não começar agora?

 

Os resultados são positivos em diversos aspectos, inclusive econômicos, visto que os consumidores buscam cada vez mais por marcas que tenham consciência ambiental e utilizem do negócio para agregar ao mundo. 

 

Agora é possível ter todo um parâmetro para criação de um desenvolvimento sustentável e sua importância para o mundo. Ademais, as formas de aplicá-lo na realidade de cada e-commerce não são complicadas. 

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.