Qualquer empresa no mercado tem como principal objetivo aumentar a rentabilidade. Pensando nisso, quando você decide criar um comércio eletrônico, isso envolve ainda mais fatores.

Isso porque você precisa de uma série de elementos para o funcionamento correto do trabalho. O principal deles é usar uma boa plataforma de e-commerce. Entretanto, a tecnologia tem mudado mais a cada dia, criando novidades e melhorando serviços.

Então quando você inicia seu trabalho, já deve contar com o investimento em:

  • Domínio;
  • Hospedagem;
  • Plataforma;
  • Meios de pagamento.

Todas estas situações são fundamentais para o início da empresa, então você precisa ter consciência destes gastos. Entretanto, mesmo com todo o cuidado, às vezes não é possível atingir os resultados desejados.

Vamos imaginar o seguinte, um dos produtos que mais teve crescimento nos últimos meses foram as mascaras de tecido. Entretanto, sem um bom planejamento, é muito difícil aumentar sua rentabilidade com um único item.

Porém, desistir de um dos mercados mais aquecidos da atualidade, que gera milhões de reais em negociações, não é uma opção. Por isso, você deve identificar os principais pontos que a empresa está tendo dificuldade para uma reestruturação.

Quanto mais você conseguir planejar suas estratégias, mais chances de sucesso terá. Por isso, é importante que você leve em conta uma série de fatores que serão utilizados para compreender sua situação atual.

Simplificando o processo de compra

Um dos principais impeditivos para fechar mais negócios é o quão complexo é passar pela parte final do carrinho em um e-commerce. É importante que você tenha cuidado, principalmente por estar lidando com dados financeiros e pessoais de clientes.

Entretanto, o excesso de zelo pode tornar o cadastro confuso e afastar pessoas, estas que poderiam se tornar clientes. Isso acaba gerando um abandono de carrinho, que é uma taxa negativa para sua empresa.

Então, se você possui empilhadeiras para venda, o ideal é que o comprador não gaste tempo demais fazendo um cadastro complexo e desnecessário.

O ideal é simplificar o máximo possível os dados de cadastro. Solicite somente o necessário, permitindo que a pessoa em alguns cliques e com dados rápidos consiga chegar até a forma de pagamento.

Desse modo, o cliente ficará satisfeito com a atuação da empresa e não terá problemas em terminar o processo de compra.

Durante a escolha de produtos, você deve tentar facilitar o máximo possível também. Invista em uma boa ferramenta de busca interna em seu site, além de cadastrar corretamente todos os produtos e suas principais palavras-chave.

O ideal é que o cliente encontre rapidamente o que procura em sua loja, para evitar que ele desista e vá para outro site. Quanto mais você conseguir atrair pessoas para conferirem seus produtos, mais oportunidades de venda se apresentarão.

Essas vendas são fundamentais para aumentar sua rentabilidade, e devem ser buscadas constantemente para conseguir melhorar a situação financeira e pública da loja. Lembre-se, um e-commerce se torna mais conhecido quando mais pessoas consomem nele.

Investindo em segurança

A internet é uma solução incrível, e as pessoas cada vez mais têm utilizado deste recurso para as atividades mais comuns do dia a dia. Entretanto, ela gerou alguns novos desconfortos e receios, principalmente no que diz respeito à segurança.

Os e-commerces normalmente são os maiores alvos de desconfiança por parte dos consumidores, uma vez que é necessário que insiram dados bancários e informações que dizem respeito direto às reservas financeiras deles.

Pensando nisso, a instalação de um sistema ERP pode auxiliar neste processo, mas é preciso um investimento direto em segurança, para garantir melhor funcionalidade para o serviço.

Além disso, para conseguir reverter esse tipo de quadro, o ideal é que você utilize o máximo possível de recursos de segurança em sua loja virtual. O primeiro ponto que qualquer empresa deve fazer é alinhar seu conteúdo aos certificados SSL.

Este tipo de certificado é representado por um cadeado fechado ao lado do endereço do site, em qualquer navegador. Através dele, é possível identificar se o certificado está ativo e protegendo as interações realizadas dentro do website.

Quanto mais seguro for seu e-commerce, com mais tranquilidade um comprador buscará sua loja de fornecedores de tubos de aço

Além disso, para o caso de questões financeiras, é importante pensar em outros certificados que garantam a segurança de seus clientes. Estes certificados podem ficar expostos no momento que a pessoa vai digitar os dados, por exemplo.

Algumas empresas se especializam nesta área negocial, e você pode contratar um destes serviços para o pagamento de seus produtos. Assim, muito mais clientes optarão por consumir seus serviços.

Estas empresas têm um compromisso com a segurança, e oferecem, inclusive, opções de devolução do dinheiro caso haja algum problema com o item ou serviço prestado.

Negociando do modo correto

A rentabilidade da empresa não depende exclusivamente do lucro que ela consegue obter. É importante também que você busque economia sempre que possível, em todos os momentos em que existir essa possibilidade.

Se você precisa de matéria-prima em grandes quantidades, pode conseguir negociar um valor melhor com seus fornecedores. É importante que você tenha tato e lábia para discutir com estes vendedores sobre o preço ideal, conseguindo assim bons resultados.

Talvez, mesmo sem baixar o preço, você consiga alguma outra vantagem que pode ajudar neste processo, como uma melhoria na gestão de entregas.

Entretanto, você deve sempre se manter em negociação com bons profissionais. Nunca busque unicamente o preço mais baixo em uma pesquisa de fornecedores. Isso porque, muitas vezes, a qualidade oferecida também é inferior, o que pode prejudicar sua produção a longo prazo.

O ideal é que você consiga identificar boas formas de negociar com seus fornecedores de qualidade, conseguindo boas transações que alavancarão as estruturas da empresa, economizando sem perder qualidade.

Aprendendo a precificar

Existe uma grande diferença entre o melhor preço e o menor preço. Você deve pensar em diversos pontos na hora de decidir quanto vale seu produto ou serviço. 

O primeiro ponto é pensar em todo o gasto necessário para a produção. Esse gasto precisa ser devolvido para a empresa, junto de uma margem de lucro para que valha a pena realizar a manufatura.

Pensando nisso, uma empresa de aromatizador de ambiente, por exemplo, precisa calcular todos os custos para conseguir realizar uma boa precificação.

Estudar o mercado e avaliar a concorrência é bom, mas você precisa ter em mente que alguns elementos são fundamentais para você conseguir estruturar seu preço. Por isso, estabelecer padrões internos e uma margem de lucro é fundamental.

Você não precisa ser o item mais barato do mercado para conseguir vender. A ideia quando você apresenta os resultados de sua produção para o público é que eles entendam que estão com o melhor custo-benefício.

Assim, uma empresa de maquina de suco de laranja, por exemplo, pode ofertar as qualidades que seu produto têm, frente à concorrência, para conseguir conquistar um público maior.

Isso porque o valor é condizente com a qualidade apresentada pelo produto, que deve estar sempre no topo das prioridades de sua empresa. Então, oferecer um item de qualidade é muito mais essencial do que um produto barato.

Apostando no marketing digital

Pelo fato de e-commerces estarem na internet, o grande foco de anúncios e publicações também será por ela. Por isso, é importante pensar em técnicas de marketing digital para conseguir explorar melhor o mercado.

Um dos principais meios de engajar seguidores é através do marketing de conteúdo. Trata-se da criação de materiais de qualidade sobre os benefícios de um determinado produto ou serviço, além de muitos outros materiais que atraiam as pessoas.

Então, dessa forma, antes de vender os produtos de sua fabrica de moldes de injeção, por exemplo, comece a trabalhar elementos que podem fazer os clientes se interessarem pelo seu material.

Quanto mais você investir neste tipo de conteúdo, mais pessoas vão começar a acompanhar sua marca, fidelizando-se com o tempo. Entretanto, o marketing de conteúdo não acontece imediatamente.

É preciso tempo e consistência para amadurecer seu público, aumentá-lo e torná-lo cativo. Enquanto isso, você pode realizar ações pontuais para conseguir aumentar seu engajamento.

Para empresas que estão começando, essa demora pode não ser possível. Para isso, as opções de impulsionamento de publicação acabam servindo de maneira muito mais efetiva.

O impulsionamento é uma propaganda paga, que espalha seu conteúdo no local escolhido. Isso pode acontecer em motores de busca, redes sociais e qualquer outra interação direta entre eles.

O resultado é que o impulsionamento acaba gerando muito mais engajamento para seu conteúdo, uma vez que ele é direcionado a um público-alvo escolhido por você com muito mais efetividade do que elementos orgânicos.

Considerações finais

Aumentar o rendimento de seu e-commerce parece uma tarefa complexa e assustadora, mas existem alguns elementos que tornam muito mais fácil atingir os resultados adequados.

Quanto mais você consegue utilizar as ferramentas disponíveis, mais acessos sua página terá, gerando novos leads e por consequência mais vendas. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.