Uma ótima ferramenta para ganhar dinheiro na internet, bem como que vem crescendo muito, é o programa de afiliados. Afinal, ele é uma estratégia de marketing que traz diversos benefícios para as empresas.

Basicamente, esse programa se baseia na divulgação de produtos digitais de outros indivíduos. Com isso, ao gerar vendas em links de outras marcas que a própria empresa divulgou, ela ganha uma comissão em cima dessa compra. 

Por exemplo, uma empresa de caçamba que possui redes sociais faz um programa de afiliados com outras marcas. Ela, então, receberá um link que deverá divulgar. A cada venda feita por conta da divulgação realizada, ela terá um lucro. 

Ou seja, as empresas ou influenciadores alugam um espaço no site ou rede social de outra marca, para que esses sites sejam ligados um ao outro, e, assim, compartilhem público e parte da venda.

Dessa forma, os anunciantes conseguem alcançar um público maior e diferente do que já possuem. E, para os afiliados, é gerada uma fonte de renda extra. 

É importante entender que para que essa estratégia de marketing seja possível, é necessário a existência de uma plataforma online para os anúncios. 

Dessa maneira, os anunciantes usufruem do público já existente, da influência e da capacidade de vender diferentes produtos dos afiliados. Por isso, esses procuram marcas que tenham conteúdo parecido com o dele. 

Por exemplo, uma influenciadora digital que dá dicas de produtos para casa procurará marcas que vendem esse tipo de coisa, como pregadores, panelas ou uma seladora de embalagem. Isso para que ela tenha público interessado, bem como recomende o que gosta.

Esses programas possuem muitas vantagens para um e-commerce, como a monetização do site, a multiplicação dos canais de vendas, aumento de vendas de produtos e serviços e a solidificação da imagem da marca.

Esse serviço de publicidade ganhou destaque nos últimos tempos, principalmente, pelo fato de ter baixo valor de investimento inicial, diferindo-se de outras estratégias de marketing.

Porém, para que o método seja de fato eficiente e traga todos os benefícios citados, é preciso que seja feito um planejamento e que uma estratégia seja criada para ter de fato um fluxo de público e de anunciantes interessados.

Conheça algumas dicas para o sucesso

Para criar um programa de afiliados que seja um grande sucesso, é preciso planejar cada estratégia que será usada e prestar atenção nos detalhes. Para isso, algumas dicas ajudarão:

  • Definir um nicho de mercado;
  • Criar uma loja virtual de qualidade;
  • Destacar-se no nicho;
  • Implementar os anúncios;
  • Medir os resultados continuamente;
  • Usar estratégias de marketing comum;
  • Avaliar as parcerias.

Porém, apenas listar as dicas não facilita o entendimento das vantagens de implementar essa estratégia nas empresas, principalmente para garantir um bom desenvolvimento. Pensando nisso, explicamos mais sobre elas:

1 – Definir um nicho de mercado

Antes de simplesmente entrar no mercado e tentar usufruir do programa de afiliados, é vital definir qual nicho do mercado a empresa ou perfil está inserido. 

As melhores áreas do mercado para se inserir são aquelas com uma concorrência não muito fervorosa. Dessa forma, a marca consegue se destacar e acabar se tornando referência. Consequentemente, consolidando sua imagem dentro do mercado.

Ademais, ajudará muito o criador se o nicho escolhido for relacionado a assuntos que ele gosta, conhece e domina. Desse jeito, ele pode se comunicar claramente e gostar do que faz, ganhando cada vez mais destaque, pois haverá credibilidade graças ao conhecimento.

Por exemplo, para uma empresa que vende geladeira industrial inox, é benéfico se inserir no nicho de culinária, para que pessoas com restaurantes e chefs de cozinha tenham interesse em criar um vínculo publicitário. 

2 – Criar uma loja virtual de qualidade

A plataforma que será base para essa estratégia de marketing deve ser de qualidade, uma vez que ela precisa tanto atrair público quanto gerar interesse em possíveis afiliados. 

Por exemplo, uma loja de produtos de limpeza precisa criar seu site de maneira atrativa, com conteúdo único e que chame a atenção, fazendo o cliente desejar comprar. Com isso, atrairá maior fluxo de possíveis compradores.

Com o aumento do número de consumidores, consequentemente, mais pessoas desejarão iniciar um programa de afiliados para se beneficiar do crescimento com troca monetária.  

Além disso, o site deve aparentar ser confiável e claro. Com isso, as pessoas que desejarem adquirir o produto, terão mais tranquilidade e segurança para tal ação.

3 – Conseguir se destacar no nicho

Ao postar conteúdos de qualidade, assuntos que interessem o usuário e, principalmente, sobre tópicos únicos, o site poderá se destacar e se tornar referência. Dessa forma, ao pensar sobre um assunto em específico, os usuários lembrarão da marca rapidamente.

Dessa maneira, o fluxo de indicações aumentará e novos clientes serão atraídos. Fora isso, os clientes já existentes criarão um laço com a empresa, uma vez que os conteúdos surpreenderão os consumidores.

Com todos esses fatores, mais marcas sentirão o desejo de realizar um programa de afiliados, trazendo todos os benefícios para a empresa ou influenciador.

Por exemplo, uma empresa que vende produtos industriais, como carrinhos industriais, pode investir em seu website com conteúdos únicos, como o processo de produção por dentro da empresa. Assim, um conteúdo único interessa mais pessoas e afiliados. 

4 – Implementar os anúncios

Para esse momento, é necessário que a empresa anunciante coloque os anúncios em locais de destaque, que induzirão mais pessoas a acessá-los. 

Outro fator de extrema importância é não implementar anúncios em excesso. O site não pode se tornar apenas uma vitrine para vendas, uma vez que deve manter o público interessado e acessando a plataforma.

A quantidade de propagandas adicionadas não é o que fará com que o lucro aumente. Mas sim, a técnica usada, bem como a utilização de parceiros que gerem fluxo de compras.

Isso é, um site de produtos de limpeza para condomínios não deve adicionar anúncios de diferentes empresas que realizam dedetização no edifício, ou empresas que limpam a piscina. Deve selecionar aqueles que mais ajudarão nas vendas.

5 – Medir os resultados continuamente

Acompanhar os resultados das parcerias é de extrema importância, porque a estratégia deve estar funcionando com cada empresa afiliada, para que o investimento não seja desnecessário.

Não há problema em mudar os aliados com o tempo. As parcerias param de ser favoráveis para ambos os lados depois de certo período. Por isso, a conversa deve ser realizada frequentemente para que, caso não funcione mais, possam trocar de parceiros.

Além disso, é importante analisar quais estratégias foram utilizadas que não estão sendo benéficas. Dessa forma, é possível adaptar suas parcerias ao mercado e aos próprios clientes.

Por exemplo, se uma empresa de bobina de filme stretch analisa seus resultados de parcerias, ela pode adaptar as estratégias usadas, para que ainda assim seu público comprador, como indústrias de cerâmica, esteja interessado no negócio.

6 – Usar estratégias de marketing comum

É importante que juntamente ao programa de afiliados sejam implementadas estratégias comuns de marketing. Dessa forma, um maior público tem conhecimento da marca e surgem mais grupos para se afiliar. 

Uma das estratégias mais eficazes é o marketing online, ou seja, investir nos sites para que as plataformas de busca deem destaque para sua página, e cada vez mais pessoas conheçam seu negócio.

Por exemplo, ao usar esse método, quando pessoas pesquisarem no buscador por segurança dos olhos, podem encontrar primeiramente a página de óculos de proteção de grau da empresa. Com isso, elas descobrem a marca e passam a comprar também.

7 – Avaliar as parcerias

Por fim, estudar com quais pessoas se deseja realizar o programa de afiliados é importante, pois assim, podem ficar de acordo com todos os produtos e conteúdos. Isso porque uma vez ligada a uma marca, todas as suas opiniões e valores também estarão conectados. 

É importante trabalhar com produtos e serviços que realmente acreditam, pois eles serão indicados para outras pessoas. E se elas ficarem insatisfeitas com o produto do afiliado, consequentemente, ficarão insatisfeitas com a empresa anunciante.

Ademais, escolher parcerias com empresas que mais se adaptam aos objetivos da firma, contribui para evitar problemas de divergência de opinião. Isso porque, ao terem as mesmas metas, ambos podem se ajudar durante o caminho.

Conclusão

Portanto, usufruir do programa de afiliados pode ajudar muito no desenvolvimento, aumento das vendas e conquistas de novos clientes. Porém muitos fatores devem ser considerados antes de implementar essa estratégia de marketing. 

Prestar atenção nos desejos do cliente poderá criar uma base para onde investir e com quem se afiliar. É importante sempre lembrar de manter as características da empresa na hora de formar parcerias, para que a essência do negócio não se torne ambição extrema.

Ou seja, os clientes podem auxiliar nessa estratégia, mas tudo deve ser feito com muito cuidado e atenção, para aumentar o fluxo de clientes e vendas, bem como para tornar o programa de afiliados uma soma enorme para o negócio.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.