Aplicar técnicas de SEO em um e-commerce podem alavancar as vendas, bem como são um importante passo dentro do Marketing Digital. Otimizar o site para que as ferramentas de busca tenham um maior alcance é fundamental para conseguir melhores resultados.

Uma loja de tendas para eventos, por exemplo, precisa criar um conteúdo adequado para conseguir um melhor engajamento na internet. Para isso, é possível usar uma série de técnicas conhecidas como SEO, que em inglês significa Search Engine Optimization.

A Otimização para Motores de Busca se trata de uma série de ferramentas que tem como objetivo aumentar o engajamento de um site junto aos buscadores mais comuns.

Toda vez que uma página é publicada na internet, os buscadores procuram anexá-la a seus bancos de dados, para que pessoas que precisem deste conteúdo consigam encontrá-lo.

Entretanto, com milhares de páginas sendo publicadas a cada dia, é importante entender como o mecanismo funciona para criar um conteúdo que possa ser facilmente encontrado por seu público.

O SEO nada mais é do que a forma que você pode trabalhar seu texto para que os algoritmos de motores de busca consigam identificar sua página, ranqueando-a e colocando-a mais próximo do topo das buscas.

Isso porque, normalmente, as pessoas conseguem atender suas necessidades de busca entre os primeiros links apresentados.

Então, é importante estar no topo quando falamos de ranqueamento de sites de busca, principalmente, para tornar sua página mais relevante e conseguir um maior engajamento.

Para um e-commerce, o SEO é uma importante ferramenta negocial. Isso porque, por exemplo, uma empresa de geradores pode otimizar seus resultados se os clientes interessados conseguirem encontrá-la ao buscar por uma necessidade.

Além de atrair novos potenciais clientes, estar com a ferramenta em dia pode potencializar a visibilidade de seu site a longo prazo, captando clientes qualificados e com altas chances de conversão.

Esse recurso também é importante para criar uma experiência adequada aos visitantes, auxiliando as outras estratégias de marketing escolhidas pelo seu e-commerce para engajar melhor o público.

Veja como escolher bem a plataforma

Este é um importante elemento para se pensar quando você está estruturando seu e-commerce. É importante escolher uma plataforma que já esteja adequada para receber as ferramentas de SEO, possibilitando alterações em vários fatores, como:

  • Títulos;
  • Descrições;
  • Palavras-Chave;
  • URL.

Uma plataforma completa não deve limitar suas possibilidades, conseguindo apresentar todo seu conteúdo e encontrar um meio certo no engajamento.

Para trabalhar com aluguel de transformadores, por exemplo, é preciso que a ferramenta escolhida atenda todas as necessidades da loja, além de ser um elemento fácil de lidar.

Título de anúncios

Entre os principais pontos de uma busca através dos algoritmos de ferramentas de pesquisa, estão os títulos. Por isso, é importante pensar em “Header Tags”, palavras-chave que se encaixam corretamente no título, além de colocar o nome do produto.

Lembrando que, por se tratar de um título, não deve ser muito extenso. Apesar de pensar que organizar o nome pode dar um pouco de trabalho, certamente tudo isso valerá a pena. Isso porque um bom título tem grande potencial de engajamento e conversão.

Uma empresa de aço inox, por exemplo, pode conseguir vender muito mais produtos se criar um conceito inovador nos títulos de seus itens.

Inclusive, esse ponto, muitas vezes, é a primeira coisa que um cliente terá acesso quando decidir acessar sua página, por isso ele precisa ser atraente e interessante para chamar a atenção de quem está buscando algo similar em motores de busca.

Descrição

Quando você estiver cadastrando a descrição de um determinado produto em seu e-commerce, é preciso ficar atento para uma série de fatores que podem melhorar o desenvolvimento das estratégias relacionadas a ele.

Em primeiro lugar, é importante pensar em formatos adequados de escrita, tomando o cuidado para evitar erros gramaticais e conteúdos em duplicidade. Esse tipo de problema passa uma impressão amadora para o cliente.

Não se esqueça de detalhar toda a ficha de uma bomba pressurizadora, por exemplo, mas além disso é importante descrever suas vantagens e diferenças de outras bombas no mercado.

Além disso, crie conteúdos exclusivos para cada uma das suas páginas. Copiar conteúdo de outros lugares pode gerar uma série de problemas, incluindo acusações de plágio.

Por outro lado, uma descrição que só contenha detalhes técnicos pode acabar fazendo o interesse de seus clientes cair.

A descrição é o espaço mais adequado para criar um texto cativante e aproveitar para incluir palavras-chave que poderão ser indexadas pelos motores de busca, gerando um resultado muito mais eficiente de divulgação.

Para isso, é importante pensar muito bem no produto que está sendo anunciado, suas qualidades e pontos a se destacar para conseguir utilizar corretamente o SEO para engajar melhor sua loja como um todo.

Otimizar URLs

Um elemento que muitas vezes é deixado de lado quando estamos configurando um e-commerce é o URL.

A sigla, que significa Uniform Resource Locator, é um termo técnico para designar o código de um site, o endereço que deve ser digitado no navegador para encontrar uma página.

As URLs também podem ser divulgadas em diversas fontes como links para você conseguir um maior engajamento com seu público.

Uma empresa de manutenção de equipamentos industriais, por exemplo, precisa de uma URL simples para ser alcançada de forma orgânica.

Isso acontece especialmente com a utilização de outras ferramentas de SEO como o engajamento através de redes sociais e em guest posts – publicações que você fará em outras páginas, direcionando para seu e-commerce.

Por isso, é muito melhor conseguir arrumar as URLs de sua loja para que os textos representem seus produtos do que um código aleatório, que dificilmente o cliente saberá do que se trata sem clicar, o que pode acabar afugentando-o.

Esse modelo reforça a necessidade do primeiro tópico abordado, uma vez que a estilização de URLs normalmente depende do modelo de plataforma que você optou por usar em seu site.

Algumas ferramentas podem ter menos opções de personalização, por isso é importante identificar se o modelo escolhido possui a estilização de URLs, buscando um melhor engajamento com ferramentas de busca.

Link Building

Essa é uma das etapas que mais dá trabalho ao produtor de conteúdo, mas seus resultados compensam o esforço.

O Link Building é uma ferramenta de construção de links, criando uma rede específica para a página onde o tráfego é direcionado e otimiza sua página junto às ferramentas de busca adequadas. Isso pode ser realizado de duas formas, a Linkagem Interna e Externa.

No caso da interna, trata-se de utilizar links de redirecionamento dentro de seu próprio site, como promoções e outros itens relacionados à forma que o cliente se encontra naquele momento, para tentar converter um melhor resultado de vendas.

Ao vender vidrarias para laboratório, por exemplo,você pode interconectar os itens à venda, principalmente, para garantir mais opções ao cliente.

No caso da externa, trata-se de links de sua loja que são colocados como referências em páginas externas. Esse tipo de conteúdo é fundamental para um melhor SEO.

Isso porque as ferramentas de busca costumam identificar que, se há um link seu em um outro site, a autoridade e confiança desta página se estende à sua loja. Por isso, é importante ficar de olho em páginas que compartilham seu material.

 

Responsividade

Hoje em dia, ter uma página que não é responsiva é um erro gigantesco de mercado. A maioria das pessoas está o tempo todo conectada através de algum dispositivo, seja com um computador, smartphone ou tablet.

Com isso, todos estão a um clique de efetuar uma compra online. Ao criar um site responsivo, você permite que sua loja se adapte à ferramenta que o cliente está optando por usar.

Isso porque um site que não possua essa característica pode ser difícil de mexer em uma tela com resolução diferente, como é o caso dos celulares.

E seu cliente pode simplesmente desistir de comprar por conta desta dificuldade e ir procurar outro lugar para conseguir terminar o processo.

Um cliente que esteja em busca de uma fábrica de tubetes plásticos pelo celular não vai acompanhar sua página se ela não estiver adequada às necessidades dele.

Além disso, as ferramentas de pesquisa já conseguem encontrar páginas responsivas e colocá-las em destaque, permitindo que o simples uso da ferramenta já faça você subir no ranqueamento.

Ter uma página flexível e adaptável é fundamental para conseguir alcançar diferentes públicos e se engajar de forma mais direta.

Considerações finais

Os algoritmos estão em constante evolução, ajudando a criar resultados de busca cada vez mais adequados. Por isso, é preciso estar sempre um passo à frente quando pensamos em ranqueamento.

Uma boa gestão de conteúdo é fundamental para qualquer e-commerce, ficando sempre de olho nas mudanças tecnológicas e ampliando suas opções de mercado.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.