O mercado de e-commerce no Brasil continua crescendo e muitos empreendedores vislumbram uma excelente oportunidade de negócio. Claro, com essa epifania coletiva a concorrência também aumentou, obrigando lojistas a investirem em diferenciação, como o SEO para e-commerce.

Nesse cenário, é indispensável ter uma estratégia de SEO para o seu site. Melhorar o posicionamento nos resultados de busca orgânica precisa ser considerado no planejamento desde o início da criação do seu site.

Quer saber quais são as principais dicas de SEO para e-commerce que não podem ser deixadas de lado na sua loja virtual? Confira no post a seguir!

1. Invista em palavras-chave com foco em SEO para e-commerce

Esse é o primeiro e principal passo de sua estratégia de SEO para e-commerce. Isso porque os motores de busca como o Google, por exemplo, levam em consideração as palavras-chaves principais do seu site para oferecer o melhor resultado.

A escolha das palavras-chave deve ser feita de forma estratégica e nunca de forma aleatória. Busque palavras, termos e expressões que tenham a ver com o seu negócio. Pense no que um cliente potencial digitaria para que o resultado fossem seus produtos.

Existem fontes confiáveis que podem ajudar na definição de seus termos. No Google Trends, e também com o Planejador de palavras-chave do Google você pode encontrar tendências e volumes de buscas.

Essas são ferramentas gratuitas, mas existem ferramentas pagas como o Semrush que podem te dar um diagnóstico completo das melhores palavras para investir.

2. Otimize suas URLs para os motores de busca

Outra técnica de SEO para e-commerce é inserir as palavras-chave escolhidas também nas URLs. Como fazer isso? Simples. Utilize endereços que remetam ao conteúdo da página e insira as palavras após o domínio.

Não utilize caracteres especiais e combinações de letras randômicas que não dizem nada. Os buscadores também ignoram algarismos, dando um peso muito maior para palavras com significados condizentes com o conteúdo do site.

No caso de alterações em URLs que já existem, não esqueça de fazer também o redirecionamento 301. Dessa forma, se alguém acessar a página antiga será redirecionado automaticamente para o novo endereço.

3. Utilize o Link Building para aumentar sua autoridade

O Link Building é uma técnica menos utilizada pois depende do trabalho de terceiros, mas nem por isso ela é menos importante. Sua função no SEO para e-commerce é angariar links em outros sites para sua loja virtual.

Quanto mais sites linkam para o seu, maior a sua relevância para os mecanismos de busca. O Google considera a autoridade e a reputação de um site com base no seu relacionamento com outros sites e páginas.

Muitas empresas têm resolvido essa necessidade investindo em parcerias com influenciadores digitais onde estes divulgam seus produtos em posts patrocinados, por exemplo.

4. Contrate uma agência de marketing digital para uma estratégia completa

A importância das técnicas de SEO para e-commerce está cada vez mais latente na construção de um e-commerce. Embora pareçam simples de ser implementadas, existem alguns erros que podem prejudicar muito o seu site.

Alguns profissionais menos experientes, sabendo da importância das palavras-chave, podem utilizá-las de maneira equivocada e acabar utilizando erroneamente técnicas de “Black Hat”. Porém, os mecanismos de busca detectam essas práticas e punem o site o derrubando ou banindo dos resultados de busca.

Uma agência especializada pode auxiliar sua empresa na criação, planejamento e implementação de toda sua estratégia de SEO para e-commerce. Os resultados são um crescimento exponencial e constante nos seus acessos orgânicos.

Gostou desse conteúdo? Quer a implementar técnicas de SEO para e-commerce em site? Entre em contato conosco!