O e-commerce brasileiro ainda possui taxas de conversão baixas em relação ao seu potencial de vendas. A baixa taxa acontece, principalmente, pelo abandono de carrinho. O cliente seleciona os itens que quer comprar, porém, não finaliza a compra.

Pesquisas realizadas pela Forrester Research, afirmam que 50% dos sites tem uma taxa de abandono de carrinho maior do que 50%. No Brasil, esse índice se encontra acima de 82%, de acordo com recente pesquisa da E-commerce Radar.

Mas o que faz um consumidor abandonar suas compras? Saber os motivos que podem levar a desistência é essencial para aumentar suas vendas e evitar a perda de clientes nesse processo.

Pensando nisso, apresentamos, ao longo deste post alguns exemplos de motivos que levam os consumidores a abandonarem carrinhos em seu e-commerce e o que você pode fazer para superar esse desafio. Boa leitura!

1. Preço menor na concorrência

Antes de preencher os dados do cartão, seu cliente resolveu realizar uma última pesquisa de preços em sites especializados. Ele percebeu que o item estava mais caro em sua loja, e agora?

Invista em ações de “retarget”. Assim você pode oferecer um cupom de desconto e tornar seu valor mais competitivo. Existem agências especializadas nesse serviço que podem te ajudar a criar estratégias e implementar ações de “retarget”.

2. Alto custo do frete

Há casos nos quais o valor do frete pode ser até mais caro do que o valor da compra. Muitos clientes inserem produtos no carrinho para testar qual será o valor do frete, ao se deparar com cifras altas acabam contribuindo para o aumento da taxa de abandono de carrinho.

Procure oferecer preços de frete atrativos, algo que é complicado para o lojista, por conta da logística. Porém, tente fechar acordos com transportadoras ou com os Correios para que o valor do frete seja repassado com um preço baixo.

3. Excesso de campos no cadastro

Pergunte apenas o essencial na finalização da compra. Sabemos que quanto mais dados a respeito do seu cliente melhor para o banco de dados e ações de marketing, mas deixe para captar esses dados em outro momento.

Solicite apenas dados como CPF, Nome e endereço de entrega neste momento. Dessa forma você evita que o seu cliente se canse e desista da compra. Outra dica é manter esses dados salvos para uma próxima compra e deixar o processo ainda mais dinâmico.

4. Falhas tecnológicas

Lentidão no site, demora no processamento de informações, busca confusa, todos esses são problemas de usabilidade. Qualquer empecilho pode ser um fator determinante para o abandono de carrinho.

Sempre teste o seu site verificando se existem algum problema em alguma etapa de navegação. Esse trabalho precisa ser constante e quando encontrado um erro ele precisa ser resolvido imediatamente.

5. Medo de ser enganado

Seu cliente precisa sentir-se seguro para preencher os dados de pagamento. Existem parceiros como a Yourviews que ajudam seu site a transmitir uma imagem mais confiável com reviews e comentários.

Além disso, ter um certificado SSL e um método de pagamento confiável garantem credibilidade para seus consumidores. Garanta um atendimento eficiente e rápido para esclarecer dúvidas e questionamentos.

Bônus: evite o abandono de carrinho no checkout

O checkout precisa ser o mais transparente e rápido possível. Evite muitas etapas até a finalização de compra. Exibir os passos restantes até o fim pode amenizar a ansiedade do cliente.

Opções de alteração no pedido nesta página também podem evitar o abandono de carrinho. Deixe exposto também os meios de pagamento aceitos com opções de parcelamento e, fretes oferecidos com valores.

Simplificar o processo de compra é um elemento facilitador para o cliente, além de reduzir as taxas de abandono de carrinho. Você tem uma loja virtual? Então, deixe um comentário no post e posicione-se sobre o assunto!