O ano está acabando e começam as listinhas de metas para os próximos 365 dias. Que tal aproveitar para tirar do papel a sua ideia de montar um e-commerce? A primeira coisa que você deve aprender para entrar o ano novo com a sua loja virtual pronta é como montar um plano de negócios.

Trata-se de uma ferramenta de gestão, por meio da qual você define metas e os passos que deve dar para atingi-las, aumentando a possibilidade de sucesso do seu negócio. No planejamento, a grande pergunta a ser respondida é “vale a pena investir nessa ideia”? Para respondê-la, continue a leitura e saiba como elaborar o seu plano de negócios.

O que é um plano de negócios?

Em primeiro lugar, você precisa saber que plano e modelo de negócios são coisas diferentes. É comum muitas pessoas confundirem os termos e acreditarem que ao fazer um, não precisam do outro.

O modelo de negócios é objetivo, define o conceito da empresa, apresenta as atividades-chave, o segmento ou nicho que irá atender, que problemas ela vai solucionar, entre outras questões. 

O plano de negócios vai além, detalha o empreendimento e levanta todas as informações necessárias para o sucesso da empreitada. Por meio do planejamento, é possível antecipar acontecimentos e determinar pontos fortes e fracos, o que dá segurança para entrar no mercado online. 

Como montar um plano de negócios para e-commerce?

O fim do ano é o momento ideal para planejar o seu e-commerce, pois, assim, você cria um cronograma perfeito para colocar todas as ações em prática. Veja o que não pode faltar no seu plano de negócios.

Informações sobre a empresa

A primeira parte do planejamento deve reunir todas as informações sobre o empreendimento, tais como:

  • enquadramento tributário e forma jurídica;
  • dados de registro, como CNPJ, inscrição estadual, informações sobre os proprietários etc;
  • missão da empresa;
  • segmento e tipo do e-commerce;
  • fonte de recursos financeiros;
  • orçamento.

O último item dessa lista é o que merece mais atenção. Um bom planejamento financeiro prevê todos os custos que serão empenhados, desde a compra de domínio na internet até as ações de divulgação (como impulsionamento de posts). Preveja gastos com apoio jurídico, contabilidade e fornecedores.

Análise de mercado

Nessa etapa é feita uma análise sobre clientes, os concorrentes e os fornecedores. Isso é fundamental para o sucesso do negócio, pois é a partir daí que as estratégias de marketing serão elaboradas. Analise:

  • público alvo (principais características do consumidor e o que influencia sua decisão pela compra);
  • fornecedores;
  • concorrência (pontos fracos e fortes das lojas virtuais que atendem ao mesmo nicho);
  • diferenciais competitivos.

O levantamento das informações sobre o público alvo pode ser feito por questionários virtuais, entrevistas, conversas informais com potenciais clientes e pela observação da concorrência. Descubra o comportamento do consumidor, o que ele compra, o que o leva a comprar e que valor ele costuma gastar.

Outra parte da análise de mercado diz respeito à concorrência. Qual a qualidade do material usado, preços praticados, condições de pagamento e como ela faz a divulgação? Reflita sobre o que você pode fazer de diferente para se destacar.

Estratégias para a loja e plano de marketing

Depois de analisar o cliente, a concorrência, os fornecedores e descobrir o diferencial do seu e-commerce, é hora de traçar as melhores estratégias. Nesse ponto, você fará:

  • descrição técnica dos produtos e serviços;
  • definição de preço dos itens;
  • elaboração de campanhas, estratégias e ações de divulgação;
  • promoções;
  • cronograma de datas importantes;
  • determinação da forma de pagamento;
  • logística de entrega: análise das melhores condições;
  • escolha da plataforma de e-commerce.

Ou seja, nessa parte do planejamento, você vai descrever seus produtos, precificá-los, pensar e traçar estratégias promocionais. Você também deve definir a estrutura de comercialização, se terá um site próprio, se irá customizar uma plataforma de e-commerce pronta etc.

Além disso, os objetivos da sua loja devem estar descritos no documento, pois eles irão nortear todo o planejamento, que deve estar sempre à mão do gestor. Lembre-se que saber como montar um plano de negócios é fácil, o difícil é segui-lo.

Para começar a se planejar, que tal entender quais os 5 principais tipos de e-commerce existentes no Brasil e descobrir em qual o seu negócio de enquadra.